26/09/2007

Sem título

Podia escrever qualquer coisa sobre o dia de hoje. É um dia especial.
Mas não. Não o vou fazer.
Vou só dizer que gostava de comandar uma força armada qualquer, poderosa naturalmente, capaz de controlar a situação e repor a democracia na Birmânia. E ainda contratar o Super-Homem para que ele fizesse a Terra andar em sentido contrário e, desta forma, evitasse a morte dos 5 monges que participavam numa manifestação pacífica (por sinal a maior de sempre) contra a usurpação do poder, naquele pais, pela Junta Militar.

2 comentários:

Namoradinha de Coimbra disse...

...enfim, o que se pode dizer...? Apenas que eu também gostava que tu tivesses esses super-poderes!

Lua. disse...

Hoje é um dia especial porque tu e o teu marido casaram há 4 anos. Lembro-me que adorei o teu ramo, as palavras lindas do teu sogro e estou-me a lembrar também que comi que nem um animal... Tinha lá uns docinhos de amarante maravilhosos. Lembro-me também de mais coisas mas para finalizar deixo o que foi para mim os dois momentos mais marcantes: a tua entrada na sala com a musica do Sérgio Godinho (Hoje é o primeiro dia do resto das nossas vidas) e a tua entrada, com o teu irmão e aquele ramo lindo lindo lindo... Ias nervosa.. confessa lá...

:)
Recordas momentos destes... deixam-me cheia de coisas boas... tipo docinhos de amarante e assim ehehe