08/07/2008

Pecado

Hoje fui á Feira Popular desta Cidade e nem direito a comer uma farturinha tive. E quando verbalizei a minha imensa vontade só vi olhares reprovadores na minha direcção como se o pecado da Gula não fosse uma pecado pagável e de pouca importância. De seguida tive vontade de, em vez de comer 1 fartura, comer logo duas e daquelas bem gordinhas com muito açúcar e canela. Não o fiz. Contive o pecado da Ira e dirigi-me à barraca dos gelados e comi-o como se não houvesse futuro nem olhares reprovadores à minha volta...

3 comentários:

@ disse...

Aposto que alguém se dirigiu a ti e pediu uma dúzia de farturas pensando que serias uma das roulotes?



ok, vai haver retaliação.

Lua disse...

Ai que cabrãooooooo!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Eu acho que os olhares reprovadores são quando te olhas ao espelho.

Perturbada!