18/04/2007

A minha primeira ida ao ginásio

É verdade, Eu assumo. ESTOU GORDA.
Decidi ir para o ginásio e conheci o Filipe. O gajo (o Filipe, portanto) a quem a malta chama de Personal Trainer disse com todos os dentes branquinhos que tem e mais aqueles lábios carnudos: "Você tem peso a mais!"
Pensei em dizer-lhe: "Não exagere que também não é assim caneco e se você me disser que eu não estou assim tão mal, sou capaz de lhe gabar esse sinal sexy que tem ai à beira do lábio" Mas não houve telepatia e o meu novo amigo Filipe continuou a conversa (o cabrão de merda), a dizer que tinha que fazer muitos abdominais e passadeira e bicicleta e o diabo a sete.Momentos houve em que me deu vontade de lhe dizer: "Ouça lá Filipe, está por acaso a chamar-me de quê? Balofa?" " Porra, deixei de fumar, onde está essa compreensão han?" Mas não achei que me ficasse bem dizer qualquer coisa, contive-me e sorri. O gajo continuou a falar da massa gorda que tenho e a minha mais sincera vontade era levantar-me, mandá-lo à merda, dizer-lhe que estava fartinha de falar em máquinas e abdominais e convida-lo para ir comigo comer uma bola de berlim e dizer-lhe com aquele jeito mais sensual que treinei ao espelho durante horas quando tinha 12 anos.
Eu e ele, com os lábios cheinhos de açúcar ... ui ui... ai ai
Mas depois voltei-me a conter, porque me lembrei que tenho quase 25 anos e um dia quero casar-me e ter filhos e ir mostrar os meus filhos aos meus amigos num domingo qualquer de manhã, porque a malta depois de ter filhos acorda todos os dias cedo. E ser séria. Muito séria. Quero.
Decidi ouvir o gajo, de uma vez por todas e sem pensamentos eróticos e profundos, ver o meu mapa de treino e pensar que vou ter muita muita força de vontade. Mais uma vez. E vou ser uma menina linda e magra e cheia de vontade de tudo menos de comer bolos e chocolates e deixar de uma vez por todas de encher a bóia abdominal.
- Filipe, meu querido, tu estás lá e eu qualquer dia estarei lá contigo. E não querido. Não e não! Já disse que não te apresento as minhas amigas boazonas e solteiras porque a última vai casar em setembro e eu fico sozinha sozinha sozinha!

Fiquei arrasada! Só me valeu a tensão arterial. Que estava BOA.Bem BOA
Fui comprar queijos frescos, iogurtes magros e essas coisas. E cá estou eu no 1º dia de dieta.
Começou o pesadelo.

7 comentários:

P.R. disse...

ahahahahahaaahhahaa já me fizeste rir. estás nada gorda.

PanKreas disse...

Primeiro deixas de fumar, depois deixas de comer...vê lá se deixas de f.... também!

nómada disse...

É isso miúda!!! O desporto nunca fez mal a ninguém... mas não emagreças demasiado senão depois eu não quero andar contigo na rua porque os gajos só lham para ti...
bjs e força!!!

nix disse...

Também eu "tenho quase 25 anos e um dia quero casar-me e ter filhos e ir mostrar os meus filhos aos meus amigos num domingo qualquer de manhã"...
...Gostei da parte das bolas e do açucar nos labios...
Sou a "ultima" mas nunca te vou deixar sozinha sozinha sozinha porque um dia, andes de mostrar o rebento seja a quem for, eu vou estar a teu lado na noite anterior a falar até as tantas de como somos tão diferentes...

Lua disse...

Inês nao te consigo chamar nomada porque acho do pior. A claudia uma vez deu-te um nome hiper giro: a namoradinha de Coimbra. Usa-o. Esse nomada é do pior. E ja agora, minha querida Inês, é já dia 15 de Maio que fazes 30 anos?
Tás velha. Esquece. Os gajos já nao olham pa ti!


Que lindo NIX! Adorei o final! BRUTAL! Á tua maneira. Como sempre a tocar-me no coração. Até a lagrimita me veio ao olho. Ando uma lamechas de merda.
Mas tens razão. Eu acredito piamente que tu eras capaz de estares na noite anterior a falar até as tantas de como somos tão diferentes. É de uma nobreza que me encanta. Sabe bem ler estas coisas! És especial. Todos sabemos.

Anónimo disse...

Apesar do SMS de aviso, só agora consegui ler.
Sabia que ia achar piada (tinha até dito ao meu 'sócio' que achava imensa piada ao que tu vives e escreves), não podia no entanto imaginar-me dentro de um episódio de "Sexo na Cidade" ou "Ally MacBeal".
Ri-me. E voltei a rir com o 2º episódio (apesar de desconhecer a Rena).
Essa capacidade que tens de rir de ti própria (incluida na categoria "rara, só para especiais") mostra bem porque é que tanta gente gosta de ti.

Lua disse...

Ohhhhhhhh nao digas isso que fico babada!